Como funciona a Toxina Botulínica?

Em algum momento já se perguntou como a Toxina Botulínica age no organismo?

Quando a gente contrai os músculos, eles vão formando alguns vincos na pele que a gente chama de rugas. A toxina botulínica vai agir diretamente no local, impedindo que a mensagem seja enviada da terminação nervosa para o músculo. Assim, o músculo não vai conseguir se contrair, ficando constantemente relaxado, não formando essas rugas.

Como acontece sem a toxina botulínica?

Dentro das terminações nervosas temos algumas vesículas sinápticas que carregam alguns neurotransmissores, principalmente acetilcolina. A acetilcolina leva a mensagem da terminação nervosa até o músculo, fazendo com que ele se contraia. A referida vesícula possui uma proteína chamada sinaptobrevina, a qual vai se ligar a outra proteína que está na membrana nervosa. Ao se ligar, a vesícula se adere à membrana nervosa, liberando a acetilcolina que vai se ligar aos seus receptores no músculo, fazendo com que este seja despolarizado.

Com a administração da Toxina Botulínica, a toxina chegará à junção neuromuscular e por um processo de endocitose vai entrar na célula nervosa e sua cadeia leve vai ser liberada e ir até a proteína chamada Snap 25, clivando-a. Com essa clivagem, a vesícula sináptica não vai conseguir se aderir à membrana nervosa, não liberando assim, a acetilcolina. Como não há a liberação do neurotransmissor, o músculo vai permanecer relaxado.

No entanto, é importante lembrar que esse efeito é temporário pois essas terminações nervosas vão se reorganizar, formando novas terminações

Como funciona a Toxina Botulínica?
Publicado em: