Orientações para Intradermoterapia (Enzimas)

ORIENTAÇÕES GERAIS

• A estética não é uma ciência exata. Cada resultado deve ser entendido como individual, não sendo possível prometer, com certeza, a obtenção de determinado resultado.
• Prometer resultado dentro da estética é ser antiético, pois dependemos de fatores internos (genética, por exemplo) e externos (alimentação, estresse, alimentação, prática de atividade física, sono, exposição ao sol, rotina e cuidados diários, entre outros). Fatores que fogem do alcance do profissional.
• Eventualmente podem surgir dúvidas antes e após os tratamentos, sendo impossível prever as inúmeras possibilidades. Dessa forma, cabe ao paciente buscar sanar essas dúvidas com os profissionais da Embella Estética antes de realizar quaisquer atividades que possam ir de encontro ao tratamento proposto.
• Todas as orientações aqui redigidas serão entendidas como efetivamente transmitidas aos pacientes após o seu envio.
• Qualquer medicação só pode ser suspensa pelo profissional que a prescreveu. Nós, da Embella Estética, não mandamos suspender medicação de outro profissional. Assim, caso esteja fazendo o uso de alguma medicação que seja contraindicada para o procedimento, converse com o profissional ou aguarde outro momento para fazer o procedimento.

INTRADERMOTERAPIA (ENZIMAS)

Após a aplicação da medicação é comum o local ficar dolorido, ardendo, vermelho, inchado e roxo. Nas medicações intramusculares também é comum sentir tontura e náuseas. Caso os sintomas sejam acentuados, avisar ao profissional imediatamente.

No dia da aplicação, deixe a pele bem limpa e livre de cremes.

Não faça sauna antes da sessão. O vapor é um vasodilatador e as chances de ocorrer sangramentos e manchas roxas na hora da injeção aumentam.

Depois das sessões, evite calça jeans e use roupas imaculadamente limpas. Durante as primeiras 72 horas, não sente no chão ou no sofá, a não ser de calça comprida (que deve ser usada também por quem faz ginástica). Tudo isso para não contaminar o local das perfurações.

Nas primeiras 48 horas não passe qualquer tipo de creme, para não obstruir os “buraquinhos” das perfurações e provocar uma reação inflamatória.

Evitar tomar Aspirina (ácido acetil salicílico) ou anti-inflamatórios durante os 3 dias que antecedem à aplicação, para diminuir o risco de hematomas. Dessa forma, caso esteja fazendo o uso dessa medicação, aguarde outro momento para fazer o procedimento.

Tome banho sem usar bucha e sem esfoliar a pele, e depois enxague bem.

Evite depilar-se nas primeiras 24 horas após a aplicação.

Em caso de hematoma, evitar exposição solar até seu completo desaparecimento.

Evite massagens ou outras técnicas nas quais haja manipulação da região tratada na Intradermoterapia por pelo menos 03 dias.

Banhos de sol são permitidos desde que não existam manchas arroxeadas no local.

A maquiagem deve ser evitada por pelo menos 24h.

Orientações para Intradermoterapia (Enzimas)